Header Ads

'Noivinhas sem Grana' usam a criatividade para garantir casamento apesar da crise

Kétherine teve a ajuda de uma profissional na decoração, mas confeccionou praticamente todas as peças da mesa
Foto: ​Reprodução/Facebook
A cerimônia de casamento é o sonho de muitos casais que buscam subir no altar e fazer jura de amor eterno. Mesmo quem ainda não encontrou a cara metade, ao menos uma vez na vida já se imaginou trocando alianças com alguém.
Enquanto isso, os que já tiveram a sorte de achar um amor para dizer "sim" e assinar os votos de compromisso, se esforçam ao máximo para fazer do grande dia o mais importante da vida do casal.
No entanto, tirar o sonho do papel, principalmente em época de crise, requer muito planejamento e é bem mais difícil do que parece. A vontade de fazer com que tudo saia perfeito, pode aumentar os gastos e ocasionar em dívidas bem mais altas do que o esperado.
Pensando nisso, noivos capixabas buscam alternativas para driblar a crise financeira e, com muito jeitinho e criatividade, realizar a festa dos sonhos com um orçamento que cabe no bolso.   
A universitária Kétherine de Nardi e o auxiliar técnico Christiano Verba não abriram mão de organizar a própria festa. Segundo a jovem, na época do casamento, ela e o noivo faziam apenas estágio e ainda estavam construindo uma casa. Por isso não era possível gastar muito em uma cerimônia.
"Quando comecei os preparativos, percebi que todos os produtos para casamento sempre são mais caros. Foi então que tive a ideia de fazer as lembranças, os arranjos de mesa, embalagens de doces e outras peças de decoração. Os convites também foram feitos por nós dois. Ficamos 3 dias seguidos confeccionando, mas no final deu tudo certo e ficou lindo", conta. 
Através de uma planilha, o casal conseguiu ter todo o controle dos gastos e, no final, tiveram uma economia de pelo menos R$ 11 mil ao todo. A universitária explica que é preciso saber dosar e ficar atento, pois não dá para economizar em tudo.
"É preciso pesquisar, saber dosar e entender que algumas coisas realmente são caras e não dá para economizar. Em alguns casos, é melhor pagar um pouco mais para não se arrepender depois", explica. 
Todo o trabalho que o casal teve durante os preparativos se transformou no grupo no Facebook "Noivinhas sem grana no Espírito Santo", que reúne experiências de quem já casou e ajuda quem ainda está se preparando para subir no altar. O grupo foi criado por Kétherine no ano passado quando estava organizando o casamento, mas aos poucos ele foi expandindo e hoje conta com mais de 2.200 membros. 
Criatividade
Mayra Vasconcelos usou a criatividade para não deixar de fazer a festa de casamento. Foto: ​Divulgação/Facebook
Com o casamento marcado para abril de 2017, a universitária Mayara Vasconcelos e o fonoaudiólogo Saulo Martinho resolveram inovar e criaram rifas para ajudar nos custos da cerimônia.  Ela conta que a ideia surgiu a partir de uma conversa em um grupo de amigas e deu certo.
“Como no momento apenas o meu noivo está trabalhando, eu comecei a pensar em algum jeito de complementar a renda. Algumas amigas me deram a sugestão de vender lingerie e roupas usadas, mas a que coube melhor foi fazer rifas para vender", conta. 
Por estar pertinho da Páscoa, a primeira rifa é de uma cesta de chocolates. O casal criou umapágina no Facebook para divulgar todas as informações e anunciar as demais rifas que ainda pretendem fazer em outras datas comemorativas ao longo do ano.
Já que economizar nunca é demais, a universitária também conta com a ajuda do noivo para confeccionar peças da decoração e revela que comprou o vestido em um site de desapegos. Segundo ela, o que vale no casamento é o significado emocional. 
"Nós compramos placas cruas para decorar em casa mesmo e ao invés de usar flor natural para a decoração, vamos fazer flores de EVA. Além disso, comprei o vestido de noiva em um site de desapegos e economizei cerca de R$ 1.300,00. A dica para economizar é não buscar luxo, pois o que vale no casamento é o significado emocional", finaliza. 

Folha Vitória

Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.