Header Ads

Papiro que fala sobre casamento de Jesus é verdadeiro, concluem cientistas


Papiro que fala sobre casamento de Jesus é verdadeiro, concluem cientistas
Foto: Karen L. King/ Harvard University


Equipes de cientistas de Harvard, de Columbia e do MIT (Massachussetts Institute of Technology) afirmam que um antigo papiro que fala sobre o casamento de Jesus Cristo é autêntico. O chamado 'Evangelho da Esposa de Jesus' foi escrito na língua copta, idioma extinto no século XVII, e descoberto em 2012. De acordo com o site Superinteressante, o documento contém a frase "Jesus disse-lhes: 'Minha esposa..." e faz referência a uma discípula mulher: "ela poderá ser minha discípula". Na época da descoberta, o jornal do Vaticano disse que o papiro era falso, tinha gramática pobre e origem incorreta. As análises dos cientistas atestam que o papiro é perfeitamente autêntico. O documento remonta mais provavelmente do período entre os séculos 6 e 9 d.C. "A composição química do papiro e os padrões de oxidação são consistentes com outros papiros antigos, ao comparar o fragmento do Evangelho da Esposa de Jesus com o Evangelho de João", escreveram os pesquisadores em artigo publicado na Harvard Theological Review. Os resultados não provam que Jesus tinha mesmo uma esposa, mas, segundo a historiadora da Harvard Divinity School, Karen King, que temas como sexo, celibato e casamento eram discutidos com frequência no cristianismo primitivo. O egiptologista Leo Depuybdt, da Brown University, afirma que os erros gramaticais do copta e o uso seletivo do negrito nas palavras "minha esposa" são indícios de falsificação.


Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.