Header Ads

Lua de Mel "all inclusive" em Punta Cana com a ForTravel



Famosa pelas suas praias de areais extensos banhadas pelo mar do Caribe a Sul e o Oceano Atlântico a Norte, pelo seu rum envelhecido com sabor a especiarias, pelo seu cacao delicioso e pelos seus charutos de qualidade, a República Dominicana está entre os principais destinos de lua-de-mel preferidos dos casais.

Nós do Amandica Indica recomendamos que façam seus orçamentos com Fernando Guerreiro da ForTravel, pois temos certeza do atendimento, qualidade dos serviços e seriedade! Acessem:
http://www.fortravel.com.br/ e marquem sua visita para orçamentos!

 Texto: http://www.zankyou.pt/

Praia de Macao, em Punta Cana. Foto Hard Rock Hotel & Casino

Ficámos pelo Hard Rock Hotel & Casino, situado na praia de Macao, e descobrimos que é possível ter de tudo num só lugar, especialmente se estivermos a falar de um resort all inclusive, com cinco (merecidas) estrelas. E só a 45 minutos do aeroporto.

Hotel em Punta Cana. Foto Hard Rock Hotel & Casino

Cinco (merecidas) estrelas sob a praia de Macao

Voltado para o Oceano, o resort antecipa todas as necessidades (ou será melhor dizer excentricidades…) de quem o visita para passar a lua-de-mel. O espaço conta com dois campos de ténis e um campo de golfe para os fãs do desporto (e um mini-golfe para os que levam mais na desportiva a práctica da modalidade),um spa com um extenso menu de tratamentos, treze piscinas (inclusive uma com escorregas radicais) com bares abertos de manhã ao pôr-do-sol, um Centro Comercial com um salão de jogos “old school” e dezassete restaurantes e bares. E não se esqueça que resort é sinónimo de bar aberto. À sua disposição estarão clássicos como as Margaritas, propostas exóticas como as Pina Coladas ou outros cocktails assinatura da famosa cadeia internacional.

Pinkolada. Foto Hard Rock Hotel & Casino

Vista sobre o mar. Foto Hard Rock Hotel & Casino

Campo de golfe. Foto Hard Rock Hotel & Casino

Piscinas com bar aberto. Foto Andreia Melo

Indolência e gula, ingredientes indispensáveis à sua lua-de-mel

Da comida mexicana às especialidades japonesas, passando pelos rodízios de carna à modo do El Toro ou os rodízios de marisco que lhe propõe no restaurante Isla, há propostas gastronómicas para o prazer de todos os palatos. E se a preguiça imperar depois de um dia inteiro de praia, nem precisa de sair da suite para se entregar ao pecado da gula. O serviço de quartos funciona todos os dias a todas as horas, para pequenos-almoços tardios, brunchs espontâneos, almoços leves, jantaradas ou ceias inesperadas. Tudo à distância de um rápido (e eficiente) telefonema.

Salada Ceaser com salmão. Foto Andreia Melo

Combo de camarões. Foto Andreia Melo

Já escolheu a sobremesa? Foto Hard Rock Hotel & Casino

E convém experimentar, já que ficar no quarto é quase tão prazeroso que sair dele, já que até a suites mais modestas são equipadas com varandas debruçadas sobre jardins de inspiração edénica, chuveiros duplos e jacuzzis privados, colocados aos pés da sua King Size Bed. Esqueça a sensação de claustrofobia que às vezes sente confinada num quarto de hotel. Aqui não lhe falta o espaço para desfilar num confortável roupão e deliciar-se com a companhia da sua cara-metade enquanto provam as panquecas dom maple syrup do pequeno-almoço.

Suite. Foto Andreia Melo

Jacuzzi privado. Foto Andreia Melo

Pequeno-almoço no quarto. Foto Andreia Melo

Se for fã de Música, vai gostar de saber que em todas as divisões do seu quarto têm fotos de várias estrelas do rock. E em todo o lado pode “tropeçar” num artefacto da Madonna, Elthon John, Bob Dylan e outros grandes vultos. E pode até observar de perto os seus carros mais luxuosos.

As citações dos clássicos atemporais do rock estão em todo o lado! Nas palavras dos Eurythmics, “sweet dreams are made of this”.

Carro de luxo da Madonna à entrada do Casino. Foto Andreia Melo

O resort que não dorme                           
                  
No Moon Lounge e na discoteca Oro dança-se até de madrugada. No Sun lounge prevalecem os concertos e as sessões de karaoke. Para os mais sortudos, o Casino disponibiliza os jogos da praxe até às 2 da manhã. Mas não desperdice aqui todos os seus trunfos. Informe-se antes de todas as actividades que a equipa do hotel tem à sua disposição diariamente, das aulas de dança (a caliente salsa) aos espectáculos de teatro diários, passando por sessões de treino.

Praia de Macao. Foto Andreia Melo

Nos mais de 15 quilómetros de costeiros, encontra várias praias devidamente equipadas com bares de apoio (onde pode beber os cocktails exóticos que entender) e contando com redes de descanso, espreguiçadeiras almofadadas e tantos outros pequenos luxos que a fazem sentir-se mimada. Melhor só mesmo as águas mornas e translúcidas que banham estas praias. Areias douradas e águas de um azul translúcido, isto sim é ouro sob azul.

Praia de Macao. Foto Andreia Melo

Praia de Macao com bar aberto. Foto Andreia Melo

Rum, cacao e tabaco!

Contrastando com o luxo dos hotéis a que os turistas que visitam a Republica Dominicana estão habituados, as praias comuns e os mercados que junto a estas se aglomeram, aproximam-nos da população local. São locais onde, surpreendentemente, a pobreza não afecta o humor dos que aqui vivem e aqui negoceiam a venda de charutos locais, de garrafas de rum ou de Mama Juana (uma muito famosa mezinha local que repidamente se tornou em bebida de eleição com propriedades afrodisíacas), coloridas pinturas de artistas locais e joias feitas com uma muito famosa pedra local, a larimarO mercado junto à praia de Bibijagua é um dos muitos a visitar.

Mercado local. Foto Andreia Melo
Praia Bibijagua. Foto Andreia Melo

Aventure-se fora do resort para provar as especialidades locais que se degustam nos bares de praia, com destaques para as variações da muy famosas paelas e destaques para mariscos locais. Visite as adegas de rum e as fábricas de tabaco para ficar a saber como se fazem as maravilhas desta ilha. Nós passamos pela Adega Olivier e aprovámos os vários runs que nos foram dados a degustar.

Adega Olivier. Foto Andreia Melo

Adega Olivier. Foto Andreia Melo

Mas antes passe pela fábrica de tabaco (onde são feitos e vendidos os charutos dominicanos) e pelo Museu do Chocolate mesmo ao lado e prove os chocolates que aqui se fazem. E se tiver um escaldão pergunte pelos géis produzidos à base de cacau que aqui vendem e deixe-se surpreender pela velocidade dos resultados.

Charutos dominicanos. Foto Andreia Melo

Charutos dominicanos. Foto Andreia Melo

Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.