Header Ads

Mulher de Fases - por Pat Perri do Mami 'n Forma

Conheçam o blog de nossa colunista
Pat Perri Saheli, nossa Mami`m Forma


Os altos e baixos com a balança e lutas travadas com o espelho me mostraram que hábitos saudáveis só nos trazem benefícios.

Passei pela infância e adolescência como uma pessoa normal, nunca fui magra e nem gorda! Fiz vários esportes, mas nenhum me atraia ao ponto de permanecer por mais de alguns meses. Quando eu estava com 20 anos, definitivamente me encontrei e comecei as aulas de musculação! Brinco que foi “amor a primeira dor muscular”!

Com o passar dos anos o corpo e os pensamentos foram mudando, a rotina ia apertando e o tempo ficou cada vez mais curto, mesmo assim eu arrumava um espaço na agenda e ia quase de madrugada para a academia. A construção muscular não acontece do dia pra noite, mas com a musculação os resultados se tornam bem mais visíveis no corpo e você se sente motivado.

Quando veio a maternidade, com minha primeira filha engordei 27,5 kgs. Como eu estava com 26 anos rapidamente voltei aos meus 55kgs. Na segunda gestação já havia se passado 6 anos e estava mais madura com 32 anos, cheguei a engordar 12 kgs, mas 5 meses depois fiquei grávida do terceiro e ainda não tinha recuperado a velha forma. Conclusão: mais 20 kgs na balança. Para mim, ou para qualquer outra pessoa é demais!



                       Pat com seu filho no colo, enquanto estava grávida de seu terceiro filho

Em todas as gestações eu tive sangramento e era obrigada a ficar de repouso, fui ficando mais cansada! A rotina de troca de fraldas, noites sem dormir e o ponteiro da balança parado lá em cima, me deixava cada vez mais angustiada e desmotivada. Cheguei a pensar que nunca mais entraria nas minhas roupas que estavam guardadas e praticamente esquecidas no fundo do guarda roupas.

Estava com 33 anos, 3 filhos lindos, saudáveis e queridos, no entanto me escondia atrás de panos. Quanto maior a roupa melhor. Meu marido pedia pra irmos à praia com as crianças e eu sempre inventava desculpas. Foi quando decidi procurar um médico pra saber o que estava acontecendo comigo. Descobri que o cansaço e estresse do meu corpo não estavam permitindo que ele produzisse hormônios importantes como serotonina, logo comecei um tratamento e passei a me sentir mais disposta.





Voltei a treinar e ao passo que, na primeira gravidez, em menos de 1 ano voltei ao meu peso de antes, desta vez foram 4 anos de muita disciplina alimentar e dedicação nos treinos pra conquistar um corpo saudável de novo.

Faço do meu corpo meu laboratório aprendendo a respeitá-lo e também aceitá-lo como ele é. Ninguém consegue viver em dieta eternamente, a consciência de uma alimentação saudável é o primeiro passo que se deve dar.  Claro que também sei que nem todas pessoas gostam de fazer musculação, mas é aí que está a chave de tudo. Eu me encontrei nos pesos, dentro da academia, na adrenalina do treino, na dor muscular.

Você deve buscar o que realmente te motiva a planejar sua agenda, separar seu tempo e dedicar aquele momento a si mesma. Seja no pilates, na yoga, na natação, tênis, vôlei, luta, corrida, dança, o que você se identificar. Faça uma atividade física. Seu corpo é seu lar, sua morada. Cuide bem dele que ele retribuirá.





Idealizei o Maminforma pra nós, mães e mulheres, que diariamente travamos batalhas com nós mesmas, que cuidamos da casa, da família e ainda temos que pensar em estar bonitas e desejadas. Lutamos contra o culote, a flacidez, a temida celulite e podemos vencer!  

Não existe segredo e sim grau de dedicação. O seu resultado será medido pelo tamanho do seu esforço. E olha que isso eu sei bem, tem épocas que estou magrinha, gordinha, saradinha, fortinha e tudo depende da minha dedicação. Acredito que nosso corpo é nosso lar e através dele mostramos muito do que somos ou tentamos ser! Cada um tem seu tempo, seu estilo, mas não dá pra fugir da genética, essa sim tem q ser respeitada e valorizada!




Por isso, respeite suas fases e se preocupe em estar sempre saudável acima de tudo, afinal não estamos mais sozinhas. Somos exemplos e precisamos educar de forma saudável essa geração que está aí e tem o futuro nas mãos.

Siga seu objetivo e torne-se amiga do espelho, porque este sim, nunca mentirá pra você.



Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.