Header Ads

Justiça da cidade de São Paulo autoriza seu primeiro casamento civil homoafetivo

Estava para escrever sobre este assunto desde agosto, mas o dia a dia tão corrido me fez adiar para somente agora.

Na cidade de São Paulo, o juiz da 2ª Vara de Registros da Capital, Márcio Martins Bonilha Filho, autorizou o primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo da capital paulista. O casal é formado pelo reverendo Cristiano Valério, da Igreja da Comunidade Metropolitana de São Paulo (ICM-SP) e seu companheiro.

Os dois vivem uma união estável já há 10 anos e já tiveram um pedido de conversão de união estável em casamento negado no início deste ano. A decisão foi comunicada pelo Cartório de Registro Civil da Liberdade, região central paulistana, e a celebração do casamento ainda será agendada.

A decisão é inédita em São Paulo, antes disso só foi autorizada uma conversão de união estável em casamento, mas é o primeiro casamento civil homoafetivo autorizado na capital paulista.

Isso também significa que as igrejas que realizam casamentos de casais homoafetivos, poderão realizar estes casamentos religiosos com efeito civil.

Que grande avanço finalmente!

E que continuemos avançando cada vez mais pelos direitos daqueles que de amam verdadeiramente, ou seja, que deixam o AMOR, seja ele de sexo for, EM PRIMEIRO LUGAR!


Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.