Header Ads

WPB 2012: Wedding Destination por Stephania Arrigoni


Stephania nos contou experiência dos casamentos na Itália e falou sobre a associação A. W. P. que possui 500 associados e foi fundada em 2007 em Milão. A associação possui 25 membros ativos que contempla uma equipe de docentes, realizando cursos e eventos para associados.
Assim como no Brasil na Itália a profissão de assessor de eventos não é reconhecida, porém é muito importante a divulgação para os noivos e público em geral. A proposta da associação é formar e qualificar o desenvolvimento e o crescimento de profissionais de assessores de casamento.
Na Itália o número de matrimônio é menor que no Brasil cerca  de 0,4%
“O evento vencedor não é semmpre o mais caro”
É possível casar-se com 15 mil euros, mas geralmente são mais caros, de 25 a 60 mil euros, numa média de 80 convidados. Um evento para 200 convidados gira em torno de 200 mil euros. Na Itália o aumento do preço é por número de pessoas, equipe com 15 a 20 pessoas de staff, mas não são todos assessores, a equipe de assessoria engloba os demais profissionais necessários para o evento como som, iluminação entre outros. 
Na Itália os assistentes das Wedding Planners não são remunerados. 
Quanto mais famosos, mais pão-duros.
Muitos estrangeiros procuram a Itália para se casar porque somos simpáticos (brinca), lindas paisagens, montanha e muito romântico e acredita que tem uma cultura romântica particular.
Procuram normalmente castelos, vilas antigas para realização dos casamentos pelo romantismo.
Cada região da Itália tem sua peculiaridade. A tendência da cerimônia é ser realizadas no final da tarde e recepção a noite, com coquetel em pé prolongado, mas não tem um tipo preciso, o casamento é um grande evento para encontrar amigos.
Tendências: casamentos em balões, embaixo d’agua, pistas de sky...
Na Itália os cardápios possuem 3 Menus de base.


Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.