Header Ads

LUGOL – VOCÊ PRECISA DELE! - por DR. ALBERTO PHILIPPI







Iodo Lugol, é uma solução feita de iodo inorgânico, podendo ser utilizado a fórmula de lugol 2% ou 5%. A maioria das pessoas tem deficiência deste mineral, por isso a importância de suplementar, ele é um mineral fundamental para o Organismo Humano.




Para que serve?




O Iodo Lugol é responsável pela sintetização das hormonas Tireóideas T3 e T4, os quais são essenciais para o bom funcionamento do metabolismo, além de uma série de funções metabólicas que vamos ver mais adiante.




Fórmula:
Lugol 2% = 2% Iodo Ressublimado ou metálico – 4%; – Iodeto de Potássio, Água Destilada qsp. 
Lugol 5% = 5% Iodo Ressublimado ou metálico – 10% de Iodeto de Potássio, – Água Destilada – qsp. Pode ser comprado nas farmácias de manipulação, com baixo custo e não exige receita médica.




O Iodo Lugol não traz riscos, o que acontece é a desinformação de médicos que confundem o Iodo Lugol Inorgânico, com o Iodo Radioativo, este Iodo Radioativo “mata” a tireoide.




Emagrece?




O lugol ajuda a regular o metabolismo basal, auxiliando no emagrecimento saudável, tendo reflexos até mesmo na reprodutividade. 




O lugol previne distúrbios de:




Aprendizado, esquecimentos e até mesmo o autismo pois, o iodo atua no desenvolvimento físico e neurológico. Além de ser ótimo para queda do cabelo, unha, intestino, pele, fígado, rins, etc...




Ele impede a formação de cistos e nódulos em lugares locais como a próstata, o ovário e mamas, prevenindo em última instância aos cânceres de mama, próstata, útero e ovário. 




Evita gripes, aguça a inteligência, e é um ótimo desintoxicante, não havendo perigos na ingestão das quantidades acima apontadas.




Controla todos os passos da oxidação celular, interferindo no metabolismo dos lipídios, dos hidratos de carbono, das proteínas, da água e de alguns minerais. 




A ausência do IODO+IODETO tem como causa principal doenças como:




Hipotireoidismo e o bócio, tendo por demais efeitos colaterais, a falta de energia, pele seca, descamativa ou amarelada.
Ocasiona também queda de cabelo, dormência e formigueiro nas extremidades.




Aumento do peso corporal, perda de memória, depressão, anemia, alterações da personalidade.




Aumento dos níveis de colesterol e de homocisteína e ainda, causar a síndrome do túnel cárpico. 




Nas mulheres grávidas sua deficiência pode atrasar o desenvolvimento mental do feto de modo grave e gerar limitações motoras irreversíveis. Além da surdo-mudez, anomalias congênitas e também aumenta o risco de mortalidade fetal, abortos, mortalidade materna e nascimento de crianças com baixo peso ou com cretinismo (desenvolvimento físico/cerebral retardada e baixíssimo Q.I).




Acompanhamento Médico: Sempre!




É importante acompanhamento médico e exames periódicos para acompanhar a tireoide, antes de tomar lugol é aconselhável fazer os exames: TSH, T4, T3, e T3. Embora muitos médicos ainda têm medo de receitar o iodo devido desinformação. Muitos confundem o iodo radioativo, que muitos tem alergia, com o iodo inorgânico que ninguém tem alergia, que é o caso do lugol. 




Ao procurar um médico busque a assistência médica ESPECIALIZADA. Pois conforme aponta o Dr. Lair Ribeiro (nosso mestre) muitos estudos e dados não confirmados ou desatualizados ainda permeiam os bancos das faculdades e a classe médica menos informada. Por isso é importante acompanhamento com um médico atualizado e que trate com o lugol.
É indispensável acompanhamento médico em casos de pessoas que tomam remédios tarja preta e para hipertensão ou têm que tem problemas nas glândulas da tireoide.




Como Tomar?




É necessário dissolver em água. Para tomar o lugol basta pingar a quantidade de gotas recomendada pelo médico, em um copo com água.




Faz Mal? Entenda o Efeito Detox:




Quando o lugol é ingerido ele toma o lugar que é dele nas células e começa a “expulsar” as toxinas, os metais pesados como bromo e flúor, entre outros. Quando essas toxinas saem das células elas caem na corrente sanguínea o que faz com que algumas pessoas sintam um mal estar, chamado de efeito detox. Esta desintoxicação demora poucos dias, dependendo do grau de intoxicação de cada pessoa, tem pessoas que nem sentem o efeito da desintoxicação, pois se alimentam de forma saudável.




Para tomar o lugol é necessário ter uma alimentação saudável e fazer uso da suplementação. Não é recomendado comer alimentos industrializados, o “pãozinho da padaria” que é cheio de bromo, refrigerantes, carboidratos refinados e açúcar. Esses alimentos industrializados fazem com que o organismo esteja sempre intoxicado, e os sintomas do efeito detox poderá ser constante.




É FUNDAMENTAL ESCOLHER UM LUGOL DE QUALIDADE. Eu recomendo uma das melhores farmácias de manipulação do Brasil, mas antes é necessário entrar em contato com a Sra.Katia Costa – Whats – (011) 97665.9672, que irá verificar a prescrição do médico, dosagem e a formulação mais adequada.




PARA MAIS INFORMAÇÕES, TIRAR DUVIDAS, ENTRE EM CONTATO CONOSCO OU VISITE NOSSO SITE:




DR. ALBERTO PHILIPPI
UM APAIXONADO POR NUTRIÇÃO E SUPLEMENTAÇÃO.
 (48)-999130740

Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.