Header Ads

No dia 13 de junho, que tal pedir uma forcinha para o "santo casamenteiro"?





Um pouco de história primeiro para que possamos conhecer quem é e de onde veio o Santo, também conhecido como Santo Antônio de Lisboa.

Santo Antônio de Pádua, Doutor da Igreja, um franciscano chamado de "O Martelo dos Hereges" e o "Trabalhador Maravilhoso" e a "Arte Viva do Covenant".

Ele nasceu Fernando Martin de Bulhom, em 15 de agosto 1195 em Lisboa, Portugal filho de um cavalheiro corte de do Rei Alfonso II, Martinho Bulhões e Maria Teresa Taveira. Em 1212 ele tornou-se um membro regular da Ordem de Santo Agostinho e foi educado em Coimbra em 1220. A chegada das relíquias de cinco mártires franciscanos de Marrocos em 1221 levou Santo Antônio a entrar para a ordem dos franciscanos. Ele foi em uma missão a Marrocos e ao voltar foi designado paraatender a Capítulo Geral da Ordem de Assis em 1221. Tronando-se conhecido como um grande pregador com grande zelo e eloquência, Santo Antônio viajou pela Itália pela sua Ordem e assumiu varias posições administrativas.

De 1222 a 1224 Santo Antônio pregou contra os Catares, de 1224 a 1227 ele confrontou com os hereges Albigensianos .O Papa Gregório IX , deu a ele ordem para por de lado todas os seus outros deveres, e continuar a sua pregação. Santo Antônio se fixou em Pádua, reformou a cidade, acabou com a prisão de devedores e ajudou os pobres. Em 1231 ele sofreu de exaustão e foi se recuperar em Campossanpietro. No seu retorno a Pádua ele não agüentou e acabou morrendo no convento das "Clarissas Pobres" em Arcella, em 13 de junho de 1231. Santo Antônio foi chamado o "Trabalhador Maravilha" pelos seus muitos milagres. Ele pregava para multidões na chuva e a sua audiência ficava seca a despeito do forte aguaceiro. Ele foi saudado como um traumatologista após ter curado a perna de um homem que tinha sido seccionada e fez outro homem voltar a vida, para testemunhar em uma audiência de assassinato onde um inocente estava sendo considerado culpado.

Perto da morte de S. António aparece-lhe o Menino Jesus na cela de Camposampiero.

Santo Antônio é o padroeiro de Pádua, de Lisboa, de Split, de Paderborn, de Hil-desheim, dos casais é um santo popular para encontrar itens perdidos. No Brasil é o santo casamenteiro e é invocado pelas moças solteiras para encontrar um noivo. O "dia dos namorados" no Brasil é celebrado na véspera de sua festa ou seja no dia 12 de junho.

Faleceu no dia 13-06-1231 em Arcella, nos arredores de Pádua. Foi canonizado em 30-05-1232 pelo Papa Gregório IX em Espoleto (Úmbria), Itália.

Foi indicado Doutor da Igreja em 16-01-1946 por Pio XII com o título de "Doutor Evangélico".

Na arte litúrgica da igreja ele é mostrado como um franciscano e as vezes com o Menino Jesus.

O milagre dos peixes:

Santo António faz um sermão aos peixes, no rio Marecchia porque os homens de Rimini não o querem ouvir. Ao ver isto eles arrependem-se e dirigem-se para junto do santo, ouvindo o sermão.

O milagre do jumento:

Um herege não acreditava que Cristo de fato estava presente na Eucaristia. Santo António diz que o jumento, que o homem tinha, era menos teimoso e que seria mais fácil convencê-lo. Ao ver a hóstia o jumento ajoelha-se.

Em 1236 fizeram o traslado do corpo do Santo. Foi possível encontrar a língua do Santo perfeitamente rosada no corpo já em decomposição. A língua ficou como relíquia lembrando que aquela língua anunciou a palavra de Deus ao mundo.
________________________________________________________________________________


Como hoje é o dia de Santo Antônio, resolvi fazer uma homenagem à ele já que, ele é considerado o Santo Casamenteiro aqui no Brasil, e por isso temos algumas histórias sobre o porquê dele ser considerado o santo casamenteiro!

Um delas é a seguinte:

Havia num pequeno vilarejo uma imagem de Santo Antonio e neste vilarejo havia uma moça que, após se casar, colocou nos ombros da imagem de Santo Antonio um manto azul bordado a ouro que ela havia prometido ao santo.

Porém o casamento não foi feliz e o marido a tratava mal. Ainda assim, o tempo passou e o casal teve uma filha.

Após oito anos, a filha percebeu a infelicidade dos seus pais. Um dia, cansada de ouvir os gritos do pai e ver a mãe chorar, foi até o local onde estava a imagem de Santo Antônio e menina se ajoelhou e prometeu que se Santo Antonio fizesse a família dela feliz, nunca faltariam flores aos seus pés.

Logo depois, um homem se aproximou da menina e perguntou porquê ela chorava. O homem também disse que tinha fome e estava cansado, então e menina o levou para casa.

O pai não gostou do gesto da menina e o homem, ao ver a situação, dirigiu-se ao pai da menina e disse que ele estava tratando mal sua mulher e sua filha, e o melhor que ele tinha de fazer era ajudá-las enquanto preparavam o jantar em silêncio. Assim fez o pai da menina, e quando os três voltaram da cozinha, não mais viram o homem. Viram apenas uma pequena e brilhante imagem de Santo Antonio, igual a que eles tinham no vilarejo.

Desde então a paz reinou naquela casa, e o homem desconhecido passou a ser conhecido como Santo Antonio casamenteiro.

Bonita história não? Porém temos mais três versões:

1) Entre os Bascos, Santo Antonio é considerado o santo que faz o “matchmaker” ou seja encontra os iguais ou seja santo que casa coisas iguais ou santo “casamenteiro”.

Ele seria o santo que fazia o sagrado encontro de duas pessoas ou o santo casamenteiro. De acordo com o costume relatado pelo Rev. Francis X. Weiser publicado em 1.958, as garotas Bascas faziam uma peregrinação no templo de Santo Antonio em Durango, no dia de sua festa, e oravam para ele encontrar para elas, um “bom rapaz”.

Vale dizer que os rapazes bascos faziam a mesma jornada e ficavam do lado de fora do templo até as moças terminarem as suas preces e aí eles as tiravam para dançar. Weiser especula tambem que esta associação entre noivado e casamento é inspirado porque temos varias imagens de Santo Antonio carregando um “bebê ” (Menino Jesus) nos braços.

2)Outra versão, muito contada pelos antigos, diz que uma jovem depois de fazer uma novena à Santo Antônio e não tendo encontrado noivo, zangada, jogou a estátua de Santo Antônio que tinha em seu oratório, pela janela e a mesma caiu na cabeça de um caixeiro-viajante que passava. Este gritou e ela foi correndo ajuda-lo e levou-o para dentro e tratou de seu ferimento. Ele se apaixonou por ela e se casaram.

3)Conta-se que uma donzela não dispunha do dote para casar-se e, confiante, recorreu a Santo Antônio. Das mãos da imagem do Santo teria caído um papel com um recado a um prestamista (pessoa que empresta dinheiro a juros) da cidade, pedindo-lhe que entregasse à moça as moedas de prata correspondentes ao peso do papel. O prestamista obedeceu e pôs o papel num dos pratos da balança, colocando no outros as moedas. Os pratos só se equilibraram quando havia moedas suficiente para pagar o dote."

Enfim são várias as histórias que rodeiam o Santo Casamenteiro, mas muitas mulheres atribuem a ele seus casamentos até hoje!

Mas se você ainda não encontrou sua cara metade, não desanime, além das versões sobre o Santo Casamenteiro, também temos várias simpatias já testadas e muitas aprovadas pela mulherada. Vamos ver algumas delas então?
 
 Quem quiser saber onde fica a paróquia aqui em São Paulo, segue o endereço:http://www.paroquiadolimao.com.br/site/index.php?secao=contato

SIMPATIAS
                                                                       
A simpatia nada mais é do que um ritual para concentrar a energia, pois é sabido que, apenas com um pensamento negativo, poderemos prejudicar qualquer forma da criação e, principalmente, a nós mesmos, com a somatização de doenças.

- Simpatia para Reconciliação

Acenda duas velas, uma rosa e outra azul, unidas com uma linha branca e ofereça para a Corrente dos Anjos da Reconciliação, pedindo que desfaça o mal-entendido e que traga novamente a harmonia na relação, desde que seja para o bem de ambos.

- Simpatias para quem está só

1) Abrir a porta da frente da casa para que Santo Antônio permita a entrada de alguém especial em sua vida, dizendo: “Santo Antônio, protetor dos enamorados, faça chegar até mim aquele que anda sozinho e que em minha companhia será feliz”.

2) Acender uma vela rosa, de qualquer tamanho, em um pires com mel e pedir ao Arcanjo Haniel a verdadeira realização afetiva.

3) Colocar um quartzo rosa dentro de um copo transparente, com água filtrada, e deixar no sereno, na véspera do dia de Santo Antônio, pedindo tudo que almeja para a realização afetiva - felicidade, respeito, harmonia, companheirismo, cumplicidade, afeto, dedicação, carinho, amor, compreensão, etc.

No dia seguinte, passar água nos pulsos, para se articular sempre com equilíbrio; nos joelhos, para ter flexibilidade e respeitar o outro; no coração, para amar com sinceridade e que o amor seja pleno e digno.

4) No dia de Santo Antônio, olhe para o céu e escolha uma estrela . Fixe nela seu olhar e faça seu desejo com fervor.

Abra os braços e agradeça ao Universo a chegada do amor.

- Simpatia para quem somente "fica" e quer formalizar o relacionamento

Retire 3 espinhos de uma rosa vermelha e coloque dentro do perfume que você usa e que a pessoa gosta. Peça para Santo Antônio remover os obstáculos “se for para a felicidade de ambos”. Use o perfume sempre que estiver com a pessoa.

BANHOS DE ERVAS, PLANTAS, FLORES FUNCIONAM?

Impossível separar a realidade da fantasia.

As ervas e plantas sempre foram usadas desde a Antigüidade como aromáticas, na medicina, na culinária, cosmética, perfumes, hábitos de higiene, para embalsamar corpos, para atrair bons fluidos e afastar negatividade. Assim, o alho é usado para repelir vampiros ou ainda é feita a queima de determinadas madeiras para manter afastados animais ferozes e insetos, como a Citronela.
As flores possuem freqüência vibratória e elementos fluídicos, através da cor e do perfume, além de embelezar e ionizar ambientes, como as rosas, por exemplo.

. Banho de Atração

Ferver em 1 litro de água:

7 pétalas de rosa vermelha (símbolo da paixão)

7 gotas de óleo essencial de sândalo (afrodisíaco)

7 cravos da Índia (afrodisíaco)

7 pitadas de coentro (afrodisíaco)

Coar e jogar do pescoço para baixo após o banho

· Para arrumar um(a) namorado(a)

Logo na manhã do Dia dos Namorados, véspera de Santo Antônio, compre um metro de fita azul de qualquer largura e escreva nela o nome completo da pessoa amada. À noite, conte 7 estrelas no céu, sem apontar, e faça um pedido ao santo para que ele ajude você a conquistar o coração dessa pessoa. No dia seguinte, amarre a fita nos pés da imagem de Santo Antônio e deixe lá, até conseguir arranjar uma pessoa para namorar.

· Para que o seu amor volte

Compre um pedaço de papel vermelho, escreva nele o nome da pessoa que você ama e quer que volte. Pegue uma foto dela e cole-a no papel. Num vaso transparente, coloque meio litro de água benta e sete botões de rosa vermelha. Vá até uma igreja que tenha a imagem de Santo Antônio, coloque o vaso no altar. Em sua casa, acenda sete velas brancas, juntamente com a fita vermelha de papel com a foto, ofertando-as ao santo e pedindo pela volta do seu amor.

· Para nunca perder a pessoa amada

Quem ama deseja prender a pessoa amada na prisão de seus braços e subjugá-la com seu amor, impedindo-a de se afastar de si para sempre. Esse sentimento de posse, característica da paixão, independe de sexo, idade ou qualquer outro fator, podendo se manifestar indiscriminadamente. Basta amar para querer prender. Se você se sente assim e quer se assegurar de que a pessoa amada não vai deixá-la(o) por outra(o), faça a seguinte simpatia: pegue fotografias sua e da pessoa amada, de corpo inteiro, passe cola nas faces das duas e coloque-as uma de frente para a outra, enrolando um retrós de linha vermelha, em cruz, até o final. Cole-as, em seguida, no verso do quadro com a imagem de Santo Antônio, colocando-o na parede do seu quarto, acima da cabeceira de sua cama.

Toda manhã, quando se levantar, e à noite, quando for se deitar, olhe para os olhos do santo e mentalize seu amor e você, unidos para sempre pela influência de Santo Antônio.

. Para saber se irá se casar

Essa é uma curiosidade de toda mulher que atinge a idade de se preocupar com relacionamentos, amor e paixão. Saber se vai se casar logo ou não é uma expectativa muito interessante. Se você tem essa curiosidade, faça a seguinte simpatia, uma das mais tradicionais para o assunto: na véspera do dia de Santo Antônio, compre um copo branco e, à meia noite, coloque água. Quebre um ovo gelado dentro do copo, com cuidado, para não arrebentar a gema. Deixe no sereno por toda a noite. No dia seguinte, antes do sol nascer, pegue o copo e observe. Se estiver coberto por uma névoa branca você se casará antes do dia de Santo Antônio do próximo ano.

· Para ser pedida em casamento

Pegue uma fita vermelha e use-a no sutiã, entre os seios, por sete dias. Após este prazo, coloque-a dentro de um envelope, lacre-o e coloque-o no altar de Santo Antônio. Reze ao santo pedindo que realize seu desejo. Depois, acenda uma vela de sete dias.

E não esqueça de fazer uma ORAÇÃO AO SANTO CASAMENTEIRO para reforçar sua simpatia:

(Faça sinal da cruz) Meu Santo Antônio que cuida da felicidade humana, no amor eu te rogo que faça (CSC) me amar profundamente e que ela chegue até mim(AAFG) como as ervas do campo chegam aos pés da cruz. Tudo ela me dará, nada ela me esconderá, nada ela me negará e será sempre fiel. Que (CSC) se declare apaixonada por mim(AAFG) ainda hoje. Que ela não tenha um único segundo de sossego na sua vida longe de mim(AAFG) a partir deste momento. Que assim seja. Amém! Publique esta oração !

Bom queridas leitoras, são tantas histórias, simpatias, orações que encontramos na internet que é impossível descrever todas aqui, realmente tentei pegar as mais interessantes!

Então se você ainda está solteira ou o casamento ainda não saiu, não custa apelar um pouquinhos não é mesmo?

E olha, é bom ter a imagem do Santo Casamenteiro em casa, e dizem as mulheres que até conseguir o que se deseja, muitas o deixam "de castigo", de cabeça para baixo, até conseguirem a sua cara-metade...



                                                                       
Se der certo venha até aqui contar sua história para nós!

Beijos e Feliz 13 de junho, Dia de Santo Antônio!

Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.