Header Ads

A cauda da noiva caiu - por Fatima Ziegler

A cauda da noiva caiu...

Em certa ocasião, todos os vestidos com caudas longas eram removíveis, o que era muito interessante, pois logo após a cerimônia nós tirávamos o véu, a cauda e a partir desse momento a noiva poderia circular livremente e dançar até o amanhecer. Atualmente tudo isso mudou e as lojas e os estilistas passaram a elevar as caudas e não mais removê-las, o que está causando alguns transtornos para as cuidadosas Cerimonialistas. Agora a Noiva passa a noite inteira tentando prender a cauda do vestido com enormes alfinetes, sem alcançar o sucesso, porque mesmo esses metais não conseguem suportar o peso por muito tempo. Os vestidos são confeccionados com uma pequena e frágil casa feita com uma linha muito fina, que não consegue segurar uma cauda pesada nem por quinze minutos e logo começa o transtorno da noiva. Em certas ocasiões eu já costurei a cauda com agulha e cordonê (linha grossa e bem forte) para que ela pudesse curtir a sua festa sem precisar ficar aflita com essa situação.
É importante que os estilistas e as lojas repensem com carinho a respeito desse assunto que, frequentemente, está tirando o brilho e o encanto dos modelos criados por vocês, aliás, até o fato de elevar a cauda, também faz parte da assinatura do artista.
Fica a dica!!
 

Fatima Ziegler
Cerimonial



Nenhum comentário

Se você tem um comentário, seja ela uma dúvida, crítica ou sugestão, este espaço é aberto para você:

Tecnologia do Blogger.